Categorias
Sem categoria

Marta vs Neymar, a rivalidade desnecessária

Em 2016, nas olimpíadas do Rio de janeiro, o Brasil de Marta começou a competição com tudo, ganhando, dando show em campo e empolgando os torcedores brasileiros (com muita razão), fazendo uma fase de grupos quase perfeita nos jogos. Pelo outro lado, o Brasil de Neymar começou na competição com dois resultados ruins, atuações nada empolgantes e críticas (bem exageradas, mas com razão) à seleção e ao Neymar. Até aí tudo bem, o problema é quando a mídia e os torcedores nas redes sociais começaram a criar uma rivalidade extremamente desnecessária entre Marta e Neymar.

Bem, eu não acho que deveria ter sido criada essa rivalidade entre os dois maiores ídolos atuais do futebol brasileiro. Eles são de modalidades diferentes, inclusive com carreiras diferentes e ambições diferentes.

Marta é uma jogadora já consagrada no esporte, eleita 6x a melhor do mundo, considerada por muitos a maior jogadora da história do futebol. Dona de recordes absurdos (marcando gols em 5 olimpíadas e copas do mundo consecutivas, além de ser a maior artilheira com a camisa da seleção brasileira e também a maior artilheira nas copas), porém que luta por uma causa extremamente necessária: o respeito, valor, melhoria e igualdade no futebol feminino. Além de lutar também por um título mais expressivo, como Olimpíadas ou Copa do Mundo, com a camisa da seleção brasileira (a Marta é campeã da Copa América com a seleção brasileira).

Foto: Lucas Figueiredo/CBF.

Neymar é um jogador (quase) consagrado. Campeão de Libertadores, Champions League, e considerado por muitos o melhor jogador do mundo abaixo de Messi e Cristiano Ronaldo (o que não é demérito para ninguém), ele ainda tem a ambição em subir nessa classificação e também de conquistar a Copa do Mundo. No entanto, ainda é um atleta que nunca conquistou um título de expressão com a amarelinha (venceu uma mísera Copa das Confederações e as Olimpíada que é um torneio sub23, mas que no final muita gente nem dá muita bola) mesmo tendo passado ídolos históricos como Zico, Ronaldo e Romário na artilharia da seleção e estando a poucos gols de igualar Pelé como artilheiro histórico da masculina.

Foto: AFP.

O que eu acho é que o Neymar trocaria a sua medalha de ouro pela bola de ouro da Marta e a Marta trocaria suas bolas de ouro para conquistar a medalha de ouro do Neymar. O peso que o Neymar carrega por ser um craque absoluto brasileiro a não ter uma bola de ouro/ter sido eleito o melhor do mundo é o mesmo da Marta ser a maior jogadora da história e nunca ter ganho um título expressivo pelo seu país.

Por fim, eu acho extremamente desnecessário essa rivalidade com os nossos ídolos. Eles são os craques e ídolos de uma geração inteira. Neymar é ídolo dos moleques das favelas que sonham em ser jogador de futebol pra dar uma vida melhor pra família e a Marta que é um exemplo fantástico na luta pela igualdade com o futebol feminino e que inspira outras meninas a não ter vergonha de jogar futebol.

Por Ícaro das Análises

Ousado, sonhador e alegre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s